terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Amigos como o Idiota há poucos

A saga dos amigos doentes na passagem de ano - parte 2:

Já toquei guitarra e cantei para eles no quarto onde eles agonizam. Já lhes fiz uma tacinha de chocapic para não tomarem o cêgripe em jejum. Já lhes levei copos de água. Já arrumei parte da casa e agora ainda vou às compras para começar a cozinhar o jantar para todos (tenho que caprichar porque, pelo ar de sofrimento deles, pode muito bem ser a sua última ceia).


Porra. Eu sou um amigão e ninguém me dá valor.

Passagem de Ano dos Hospitais


No último dia do ano, tenho dois amigos doentes (também é um bocado mariquice) e pediram-me para vir tocar guitarra para o quarto deles para animar. Passagem de Ano dos Hospitais.


Resoluções para 2014

A maior parte dos meus amigos não quis vir passar o ano comigo. Os dois que vieram estão doentes e a dormir às 4 da tarde e eu estou a olhar para o ar sem nada para fazer. 


Primeira resolução para 2014: arranjar amigos novos.

Votos para 2014 de várias personalidades

- "Inverno frio, calor no estilo de 2014" - Manuela Moura Guedes

- "Tipo, não é por eu ser uma figura pública mas tipo, 2014...menos. Tipo, as borboletas não são canários. Menos." - Carlos Costa

- "Nunca mais bebo Pepsi" - fundamentalistas que seguem a religião de Cristiano Ronaldismo.

- "Lol" - Passos Coelho. 


Depois já digo os meus.

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Desejos para 2014

Tenho um monte de desejos para 2014. Para mim, para vocês e para o mundo no geral. 

Para mim:
- Chegar aos 500 milhões de seguidores aqui na página.
- Fazer um ménage a trois com a Jennifer Lawrence e a Mila Kunis.
- Ter uma fonte de cerveja infinita em casa. 

Só peço isto. Gosto de ter os pés bem assentes na terra. 

Para vocês:
- Não deixarem de seguir o Sensivelmente Idiota porque a vossa vida ia ficar desgraçada.
- Concretizarem pelo menos uma das mil resoluções que vão fazer e que nos outros anos nunca cumprem.
- Um pouco mais de criatividade para aqueles que gostam de me insultar. Já não há paciência para o "completamente idiota" ou o clássico "realmente, o nome desta página faz tudo o sentido porque o autor é mesmo idiota".

Para o mundo no geral:
- Que o David Carreira emigre para o Turquemenistão e nunca mais volte. (Desculpem, pessoas do Turquemenistão).
- Termos um Governo como deve ser (estou a ser muito ambicioso?).
- Que se acabe de vez com o flagelo das gordas de leggins e fio dental.


Tenho mais, mas para já ficam estes.

Da ficção à realidade


Nem é Natal se não passar este filme na TV. Um clássico!

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

"cheira bem, cheira a Lisboa" ????

Estive a dar uma volta a pé pela cidade.


Esta greve do lixo está a destruir para sempre o "cheira bem, cheira a Lisboa".

Tipo.... menos, menos!

Tipo...há pessoas que me irritam tipo bué...porque são bué estúpidas.


E não é por eu ser uma figura pública ou lá o que que vocês queiram chamar.



O que é suposto fazer entre o Natal e o Ano Novo?

Os dias entre o Natal e a passagem de ano não servem absolutamente para nada.


Já acabámos a digestão que durou dois dias e agora inventamos festas para ir todos os dias, tipo estágio, até dia 1.

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Que tal a consoada?

A noite de consoada foi boa. Houve comida, houve música e houve piadas. Eu disse muita parvoíce, os meus primos e tios também...mas ninguém tem mais piada que os meus avós.

Avô:
- Ontem foi a primeira vez que achei piada a uma coisa que escreveste no Sensivelmente Idiota.
(E note-se que já leu muita coisa. Por isso, obrigado avô!)

Avó:
- No funereal do Mandela, eu vi logo que o intérprete gestual estava só a inventar!
(E note-se que a minha avó não sabe absolutamente de linguagem gestual).

Fora as piadas. Fica o registo musical.

Continuem a ter um bom Natal, Idiotas!


Como se passa o tempo no Natal

No Natal, quando não estou a comer sinto sempre que estou só a fazer tempo para voltar a comer.


Mesmo que sejam só 5 minutos.

Um clássico natalício


Digam-me que não fui o único a receber meias e cuecas. Esse clássico de Natal.

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Feliz Natal (outra vez)!


Eu e a minha prima pusemos a nossa avó a fazer alta duckface para vos desejar um feliz Natal!

Em época Natalícia sê idiotamente simpático

Tive que passar na farmácia antes de vir para casa dos meus avós:

- Olá! Queria uma bomba para a asma Bricanyl, sff.
- Ai, desculpe...Não temos...
- Então se eu morrer durante a consoada com um ataque de asma, a culpa é sua. Obrigado e Feliz Natal. 


Porra. Sou mesmo simpático.

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Feliz Natal, Idiotas!

E essas cenas todas que se desejam mesmo àqueles a quem não desejamos nada de bom genuinamente.

Por acaso, eu desejo a todos os que por aqui andam um feliz Natal, mesmo aos que vêm aqui só para me insultar. Quando for para desejar um feliz 2014 a conversa já vai ser outra.

Que seja um Natal cheio de saúde, paz e harmonia. Digam uns ao outros o quanto se gostam e......(boooooring).

O que eu quero dizer é: comam que nem uns animais e embebedem-se com as famílias. É sempre divertido.

Divirtam-se e Feliz Natal!



(e podem fazer estas imagens palermas muito facilmente em http://queroseropainatal.pt/)

Comprar as prendas à última da hora

Ou o pânico das galinhas num centro comercial.

Hoje, dia 23, fui comprar as prendas de Natal para a família toda. Estou orgulhoso de mim próprio porque costumo ir só a 24. Estou mesmo crescido.

Para além da azáfama natalícia, não pára de chover. Lisboa está caótica.

No caminho para o Colombo (sim, não tem o charme do Chiado mas, stress por stress, prefiro não levar com chuva na tromba), passo numa rua que está cheia de trânsito. Porquê? Porque um senhor resolveu estacionar em segunda fila...em vez de num lugar de estacionamento que estava 2 (DOIS!) metros atrás. A sério, onde é que este gajo tirou o curso de atrasado mental?

Adiante. Claro que havia mais pessoas no Colombo do que na Rússia inteira. E no parque de estacionamento, parece que toda a gente consegue arranjar lugar primeiro do que eu, o que me faz insultar todas essas pessoas à bruta. Mas atenção que só uso insultos natalícios tipo "seu elfo mal parido!" ou "vai mas é fazer sexo anal com o Rodolfo, a rena de nariz vermelho!". É uma maneira muito própria que eu tenho de celebrar o Natal.

Com a falta de tempo, o melhor é arranjar uma loja onde dê para despachar a maioria das prendas. Vai tudo corrido a livros, e poucos mais, da Fnac. Mas atenção, não é fácil escolher um livro para a minha mãe que eu depois também queira ler (quem nunca fez isto que atire o primeiro bolo-rei).

Na fila para pagar, está uma senhora volumosa que cheira mal que dói. Minha senhora, se tem dinheiro para comprar cenas, também tem dinheiro para pagar a conta da água. Veja lá isso. É com esse volume e esse cheiro ainda a confundem com um contentor do lixo.

Parei para comer qualquer coisa. Ao meu lado, uma senhora alimenta o filho de 2 anos com filetes fritos e batatas fritas. Alguém lhe explique que a criança não é um peru que precisa de engordar para ir ao forno dia 25!

Faltam prendas. Andei às voltas pelo Colombo sem saber o que fazer à minha vida, mais perdido que o Robison Crusoe. Quando estou quase a ter uma ideia, passa uma miúda muita gira ou um ser altamente estapafúrdio. Perco o foco. Caos. Tudo desfocado. Vou morrer! Vá, estou a exagerar, mas é um pouco isto.

Resultado: voltei à Fnac e comprei mais coisas. 'Tá feito.

Metade do dinheiro que ganhei neste mês já foi ao ar. Mas a família vai gostar, por isso, vai valer a pena.

Quem se lembra de comprar prendas de Natal na véspera?

Odeio todas estas pessoas execráveis que chegam a dia 23 e ainda não compraram uma única prenda e agora estão a comprar tudo à pressa. Que insuportável. 


Odeio-me.

domingo, 22 de dezembro de 2013

Foge que isto é Portugal!

Quatro refugiados sírios foram apanhados a fugir de Portugal para Espanha. 


Sabemos que batemos mesmo no fundo quando nem pessoal que fugiu de um país em guerra quer ficar cá.

sábado, 21 de dezembro de 2013

Avós itech

Os meus avós (quase 80 aninhos) deixaram-se disso de telefonar para casa das pessoas a desejar Feliz Natal e fizeram antes um post aqui no Facebook.


Que avós modernos! Aposto que ainda são meninos para um dia destes começarem a tirar selfies para o Instagram.

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

"Olh'á tshérte do Sensivelmente Idiota. É pró menino e prá menina"

Uma mulher feia é como a rodela de pickles do McDonalds.
Quase ninguém quer, mas tens sempre um amigo ao lado que diz 'Dá cá que eu como!'.

Já vos tinha dito que achava isto, não já?

Pois eis que a Stricka-Micka, que é uma marca de roupa linda e espectacular, desafiou-me a fazer uma edição especial de roupa com esta minha teoria.

Aceitei o desafio e cá está o resultado.

E pronto, acabei de resolver o problema de milhares de pessoas que não sabiam que prenda haviam de dar ao namorado, amigo, primo, pessoa aleatória que acabaram de conhecer na rua.

Podem comprar a t-shirt aqui





A birra do deputado do Governo da Madeira.

Votem no vossa classificação preferida:
1) Ridículo;
2) Hilariante;
3) Vergonhoso;
4) Portugal é lindo;

5) Todas as anteriores.




quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

5 Para a Meia-Noite ou Para o Meio-Dia?

No 5 Para a Meia-Noite, os convidados de hoje são a Filipa Vacondeus e o Tony Carreira, e a média de idades do público que lá está é de 89 anos.


Se, em vez do Pedro Fernandes, o apresentador fosse o Malato eu ia achar que agora eram 4 da tarde.

Um Natal tipicamente Idiota


Foram os meus gatos que fizeram a árvore de Natal cá em casa. Gosto da criatividade. Para quê ter a árvore sempre em pé como nas casas normais? Na casa do Idiota, sê isso mesmo.


sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

A beleza de um Mundial


Só para vos avisar que já começou o sorteio para o Mundial do Brasil e está a ser uma cerimónia muito gira.


quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

De quem será a onda?

Dois surfistas processaram-se mutuamente e chegaram a ir a tribunal porque apanharam a mesma onda.

Pormenor importante: ambos têm mais de 5 anos, aliás, têm quase 40.
Mas devem achar que o mundo é um recreio gigante e quando chocaram na onda foram a correr fazer queixinhas:

- Stôooooooraaaaaaaaa! O João foi contra mim e a culpa é dele porque eu apanhei a onda primeiro! 
- Não foi, não, stôra! O Ricardo é que é um chimpanzé, filho de um jacaré e cheira a chulé!
- Ah é? Ah é? E tu?? Tu és...tu és...tu és um ornitorrinco bissexual que gosta de comer bolinhas de merda!
- Disseste uma asneira! Aiaaaiiii, vou dizer ao teu paaaaaiiiiii!

Pronto, deve ter sido isto só que em tribunal. É pouco ridículo, é.
A juíza - felizmente - mandou-os resolver esta anormalidade para um café.

Mas como a Justiça até tem pouco que fazer, deixo mais casos que devem ser logo levados a tribunal para que os magistrados tenham com que se entreter e onde possa ser bem gasto o dinheiro dos contribuintes:

- Velhas que demoram mais de 1 minuto a atravessar a estrada;
- Pessoas que gritam ao telemóvel em vez de falar;
- Pessoas que usam Crocs;
- Pessoas que acham que o mundo é um recreio gigante;


Para já, é isto.

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Kátia Aveiro, a rainha do melhor festival do mundo

A Kátia Aveiro diz que vai ser cabeça de cartaz do "melhor festival do mundo". Só se for o festival do Leitão da Bairrada e a foto da cabeça dela estiver literalmente no cartaz.

Mas enfim, vamos fingir que acreditamos porque isto já vale tudo.

Por isso, vou deixar aqui o ranking dos melhores festivais do mundo, e espero que ela seja cabeça de cartaz em todos:

#10. Festival da Alheira Frita em Azeite CR7
#9. Festival Internacional da Javardeira Anal 
#8. Festival Regional do Frango Assado em Reggaeton 
#7. Festival Universal do Silêncio 
#6. Festival Indiano do Seu Animal Sagrado
#5. Festival de Encerramento do Encontro Anual de Surdos da Patagónia
#4. Festival Mundial das Unhas de Gel com Desenhos e Brilhantes
#3. Festival Interplanetário da Deficiência Mental Por Escolha Própria
#2. Festival de Madeixas Californianas ao Nível dos Pêlos Púbicos
#1. Festival Paralímpico da Canção. 

É isto.


P.S: Se quiserem, agora podem criar uma página "Nunca mais bebo Sensivelmente Idiota porque ele gozou com a manuxa do Ronaldo". Eu ponho logo um "like".

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

A novela Pepsi

O drama e a ofensa que corrói a alma lusitana. Ou é só Portugal a fazer beicinho?

Ora, mas que princesas que são os portugueses. Choram e refilam quando uma série norte-americana (Family Guy, por exemplo) faz uma piada com os portugueses, quase desmaiam de sofrimento quando a Pepsi sueca faz um anúncio de mau gosto sobre o Ronaldo.

O anúncio da Pepsi Suécia é completamente ridículo e descabido? Sim.
Tem piada gozar à bruta com a Pepsi agora e fazer montagens no Photoshop? Sim.
Vale a pena sofrer de forma quase agonizante por isto? Não. Nunca na vida. Tenham lá calma, até porque a maior parte de vocês (e eu também) nunca gostou de Pepsi de qualquer forma.

Eu percebo o desagrado e percebo que defendamos o que é nosso. Mas é preciso pormos as coisas em perspectiva para não cair no ridículo. E neste caso, já vamos tarde de mais.

E escrevo tudo isto por ter lido uma notícia no Jornal de Negócios que referia que uma senhora (que, como se vê na imagem, não percebe que pôr mil pontos de interrogação não faz com que pareça mais séria) expôs no Facebook da TAP a sua indignação perante o caso Pepsi. Sugeriu até que se passasse a servir Coca-Cola a bordo, em vez da marca em causa. Primeiro, quem é que consegue ficar assim tão revoltado com esta parvoíce toda que se dá ao trabalho de ir falar com a TAP sobre isto? Também vai pedir para cancelarem o Rock in Rio porque um dos principais patrocinadores é a Pepsi? Veja lá se o Justin Timberlake não anda aí a beber Pepsi mesmo sabendo que eles gozaram com o Ronaldo, o safado…

A TAP responde de forma eloquente e defendendo os valores do desporto. Entendo e concordo. Mas pensar trocar de fornecedor por isto? Troquem de fornecedor porque a Coca-Cola é melhor ou porque é mais barata (caso seja). Agora, se algum dia trocassem de fornecedor por esta razão, seria mesmo Portugal a fazer beicinho de criança amuada.

Percebam que eu acho piada aos milhões de posts a gozar com a Pepsi. E acho que foi dos maiores tiros no pé da história da publicidade. Mas daí a ficarmos com o orgulho ferido como se todos os dias nos estivessem a cortar subsídios e aumentar os impostos… Ah, espera, isso não é a Pepsi é o Governo. Desculpem este desvio do que é realmente importante: a Pepsi e o Ronaldo.


Vá lá, deixem de ser princesas. Nós só somos pequeninos se quisermos, se não lidarmos com estas situações com um peito inchado de quem tem um ego enorme que não se machuca com bocas de um mero refrigerante.


quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Sugestões de títulos para os jornais de amanhã

- Ronaldo samba na Suécia.
- D. Ronaldo Álvares Cabral.
- Ronaldo solta o grito do Ipiranga.
- Ronaldo montou o móvel do IKEA sozinho.
- Hoje o almoço é picanha.
- O coração de Roberto Carlos já bate para os dois lados.
- Neymar já mandou um SMS a Ronaldo a recomendar as melhores "garotas de programa".

- Irina faz depilação à brasileira.

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Viagem a Budapeste #3 (e última) – Erasmus por 3 dias

Tendo já visitado os monumentos todos da cidade, fui só mesmo para visitar a minha prima que lá está em Erasmus. E, basicamente, foi um Erasmus de 3 dias só que sem a parte das orgias.

Não é que eu tenha feito orgias quando vivi na República Checa, mas vivia numa residência com gente do mundo inteiro e, às tantas, era tal a rebaldaria que aposto que 9 meses depois nasceram suecos de olhos em bico ou chineses a dançar samba.

Voltando a Budapeste e ao mini-Erasmus: foram 3 noites a beber copos com holandeses, italianos, húngaros e mais umas quantas nacionalidades e a aprender coisas em “dutch” como “leker neuken in de keuken”, que é qualquer coisa como “é bom f*der na cozinha”. E dá sempre jeito aprender estas coisas.

Sabemos que estamos em Erasmus no Leste da Europa quando nem vemos a luz do dia. Deitamo-nos às 8 da manhã, depois de comer um kebab para ensopar os shots de Becherovka, Rakia ou Palinka e que custa 2€, e quando acordamos às 15h já é quase de noite outra vez.

E das coisas que eu mais tinha saudades do Leste, era os preços. Nos bares, as canecas de meio litro de cerveja custam cerca de 1€ e nas discotecas as bebidas brancas custam 3€. O que vale é que no Leste as máfias também trabalham bem ao nível do tráfico de órgãos, porque com estes preços não há fígado que aguente.

Desta vez, e ao contrário das outras vezes que fui a Budapeste (em Erasmus e no INOV Contacto) não fui a uma Spa Party, que é basicamente uma festa enorme que acontece uma vez por mês nas termas. Ou seja, várias piscinas, jacuzzis e salas de massagens transformadas em pistas de dança, toda a gente com pouca roupa e o resto podem ficar vocês a imaginar. Mas aconselho-vos vivamente a irem a uma festa destas. Apesar de tudo, estas festas conseguem ter mais nível do que uma qualquer noite banal no Urban.

Foi óptimo estar com a minha prima e ver que ela está bem entregue, com gente boa e multi-cultural à sua volta. E foi igualmente bom voltar a uma zona da Europa de que eu tanto gosto mas onde é fácil ouvir os locais dizerem “I hate my country”.

Nós podemos estar mal, mas há sempre alguém que está pior.




segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Um salário mínimo chamado Spotify

O Spotify (para os pobres como eu que não pagam o "premium" daquilo) é como o salário mínimo.

As 10 horas gratuitas gastam-se logo a meio do mês. Depois passamos fome e temos que usar o YouTube, que é como o fundo de desemprego da música. Finalmente chega o dia 1 do mês seguinte, volta a felicidade e é tudo a ouvir música à bruta até gastar.

A difereça é que na realidade também entram os créditos que f**** isto tudo e ficam logo mal parados.

domingo, 27 de outubro de 2013

Palavra de Idiota

Carrega, Fredy Montero!

Se este menino hoje fizer um hat-trick, vou correr todo nu para a rua!


quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Estado do tempo


Isto está bom é para ir para a rua com os amigos fazer natação sincronizada.

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

O novo 'hit' do Carreira "mái" novo

O David Carreira tem uma música nova com o Snoop Dogg, e as opiniões dividem-se.
Principalmente entre o “mau” e o “nojento”.

Está tudo escandalizado. Uns porque acham a música horrível, outros porque acham que é uma coisa boa para a música portuguesa e não percebem as críticas.

Mas vamos por partes.

Qual é o espanto no facto de a música ser péssima? É o David Carreira. Estavam à espera de quê? Obras-primas? Se esperavam boa música de um filho do Tony Carreira, vocês são mais crédulos que os pastorinhos que achavam que tinham visto a Nossa Senhora em cima da árvore.
Por isso, daqui nada de novo, mesmo com a ajuda do Snoop Dog que, e mesmo eu não sendo fã e hip-hop, até acho que tem algumas coisas boas no seu trabalho (no trabalho enquanto músico, não como chulo, porque aí tem muito mais).

Agora, claro que há que dar mérito ao rapaz para ter conseguido fazer este dueto. Mérito na paciência que teve para esperar tantos anos para que o pai tivesse largos milhares de euros, que não quisesse gastar em mais nada, e pudesse comprar um camião de erva para oferecer ao Snoop.

Vendo o vídeoclip, há outra coisa muito positiva a reter que é o facto de, provavelmente, ter sido a primeira vez que o rapaz ficou a saber quem são personalidades como o Gandhi, Nelson Mandela e Martin Luther King. Se bem que este último quando disse que tinha um sonho, não seria entrar numa música do David Carreira, de certeza absoluta. Ou então sonhava muito baixinho, afinal.

Também entendo quem defende que a música é apenas tão má quanto outros duetos que o Snoop fez com a Katy Perry ou o David Guetta, por exemplo. Têm razão. Mas se os nossos padrões de sucesso ao nível musical são estes, bem podemos continuar a ouvir pimba e reggaeton que ficamos bem.

Já agora, quero só acrescentar que, por exemplo, a cantora lírica Elisabete Matos e a fadista Ana Moura estão, cada uma por si, a realizar tours mundiais e a encher salas por onde passam. Parece-me que isto é capaz de ser mais benéfico para a música portuguesa. Não sei, digo eu.

Acredita em ti, como Muhammad Ali… Sê pacífico assim, como Mahatma Gandhi…

Palavras de ordem e referências culturais. Poesia.
Isto é lindo.


Tap tap tarap tap tap...


terça-feira, 22 de outubro de 2013

Os RPs de discotecas são Testemunhas de Jeová 2.0

Todos temos amigos que são relações públicas de discotecas. Alguns sabem gerir a coisa e eu gosto deles à mesma, outros são piores que Testemunhas de Jeová que não só vendem Bíblias como também tupperwares, pacotes de net+voz+tv por apenas 24,90€/mês e ainda um fabuloso aspirador Vaporetto Tittano e, se encomendar já, oferecem um colchão com o Nuno Graciano em cima. Tudo ao mesmo tempo. É impressionante.

Qual Élder, de cabelo lambido e óculos de massa, que nos bate à porta para nos esfregar na tromba a palavra do Senhor, os RPs tentam por todos os meios possíveis convencer-nos a ir à discoteca deles.
Nós sabemos que vocês nos adoram e querem imenso estar connosco, mesmo que seja só às 6fs à noite. Mas chega a roçar a tortura.

No Facebook, marcam milhares de pessoas no flyer digital da festa dessa noite, e que geralmente é um atentado ao design gráfico, criam eventos e convidam toda a gente do mundo, trocam a foto de perfil e capa pelo tal flyer, vale tudo. Que massacre.

Os mais audazes, ou seja, aqueles que não têm medo de perder amigos por serem mais chatos que um discurso do Eduardo Sá (aquele psicólogo infantil que vai à TV e que só tem piada ver porque nunca sabemos quando é que ele próprio vai adormecer e começar a babar-se), mandam SMS para o telemóvel. E é incrível como mandam uma mensagem para a qual eu me estou absolutamente a cagar (e perdoem-me o termo, mas é o que melhor se aplica) e ainda assim me conseguem desiludir. É sempre às 5fs ou 6fs à tarde, e quando vou ler a mensagem estou sempre à espera que seja uma miúda podre de gira a convidar-me para jantar ou de um amigo a dizer que comprou 3 grades de minis para mandarmos abaixo naquela noite. Mas não, é um RP qualquer. Até uma mensagem da minha avó a dizer que estava com dores nos joanetes teria mais interesse.

Adoro o entusiasmo com que falam de uma noite que vai ser incrivelmente igual a todas as outras: “Esta noite, não podes mesmo perder o festão do ano na discoteca ‘Ai Ui Que Sou Tão Fixe’. Temos montes de surpresas à tua espera nesta noite que vai ser memorável!”.

A maior surpresa seria o facto de ser só mais uma noite como as outras, mas já nem isso surpreende. Já para não falar que a noite não é nada memorável. O pessoal embebeda-se de tal forma que no dia seguinte não se lembra de nada. É por isso que nem se dão ao trabalho de mudar o texto da mensagem e todas as noites acham que são o festão do ano. Todas.


Pessoal que faz isto: o vosso trabalho é legítimo, tudo bem, mas puxem lá por essa criatividade que já não há paciência. Obrigado.


quarta-feira, 9 de outubro de 2013

A loucura das corridas temáticas

Anda tudo louco com as corridas temáticas. Calma, pessoal.

- Queres ir correr Domingo de manhã?
- Hmm, não vai dar. Optei por ser obeso e vou comer uma lasanha ao pequeno-almoço nesse dia.
- Mas nesta corrida levas com bué tinta na tromba e chegas ao fim mais colorido que a bandeira do orgulho gay.
- Ah, então ‘bora. Já podias ter dito! Até porque acho que essas cores me favorecem.

Qualquer desculpa serve, desde que não seja só correr pelo exercício em si.
Se tiverem que correr 10 segundos para apanhar o autocarro, insultam o Governo, a rede de transportes, a velha que conseguiu lá chegar antes e a vida no geral. Se for para correr 5km a levar com tinta na tromba já é muito lindo porque há miúdas com pernas morenas à mostra. E já se sabe que miúdas destas não andam de autocarro. As que andam é porque alguém as enfiou lá às 7h da manhã e vomitam para o banco do lado porque acabaram de sair do Urban ou do Main.

Tem havido corridas para todos os gostos: Color Run, Night Run, Electric Run, Music Run ou até a “run for your life” se estivermos a passar na Damaia ou no Seixal.

Não é que ache mal que o pessoal faça exercício, antes pelo contrário, mas parece que só correm se for um evento social que proporcione fotos no Instagram para mostrar que somos muito saudáveis e onde ainda se saque alguns brindes.
Uma boa aposta seria uma corrida ali na Marginal, patrocinada pela Caras, onde haveria empregados com bandejas de croquetes e flutes de champanhe. Era ver as tiazorras todas da Linha a correr que nem umas loucas para aparecer nas fotografias a fingir que são famosas por alguma coisa de jeito que realmente nunca fizeram na vida.

Há, de facto, corridas temáticas que até parecem giras, mas se eu quiser mesmo levar com tinta enquanto corro, basta levar uns chocos e espremê-los para cima de mim a cada passada.

Fico com a ideia que o pessoal que só vai a corridas temáticas é aquele pessoal que, sempre que vê algum corredor a sério a correr pela cidade, vai sempre gritar “Run Forrest, run!”, enquanto bebe mais uma imperial na esplanada. (Ok, isto é ridículo e eu só me lembrei porque já fiz esta estupidez, mesmo nunca tendo ido a uma corrida essas).


Seja como for, fazem bem em correr nem que seja uma vez por ano. Nunca se sabe quando é o cirurgião plástico da Moura Guedes vos aparece à frente a dizer que vos quer operar e vocês têm de correr pela vida.


segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Nomofobia – a ansiedade por não ter telemóvel

Sabem quando ficam todos histéricos, quase a espumar da boca, porque o iPhone ficou sem bateria ou porque se esqueceram dele em casa? É isso, uma doença ridícula. Está provado que os mais viciados chegam a ter falta de ar e dores de cabeça. Ah, e chegam também a ter falta de amigos e de vida como deve ser (são sintomas que não vêm no estudo mas que eu decidi acrescentar).

Esqueci-me do telemóvel em casa. Pânico.
O dia todo a pensar “Ai, f*da-se, e agora? E se alguém me manda uma mensagem a dizer absolutamente nada de relevante e eu não respondo a dizer coisas que acrescentam uma quantidade enorme de nada à discussão?”. 
Sim, é trágico.

Hoje em dia, um restaurante sem rede é como um restaurante só para não fumadores. Faz com que de meia em meia hora o nomofóbico tenha que ir à rua apanhar um bocadinho de rede, como quem vai fumar um cigarrinho.

- ´Bora fumar um cigarro?
- Não fumo. Mas vamos lá que já me estou a coçar todo para ir ler actualizações de status sobre estar uma noite super agradável para estar numa esplanada a navegar no Facebook e a ver as pitas a “postar” fotos badalhocas a fazer “duck face”, em vez de prestar atenção aos amigos.

Aliás, os restaurantes podiam ter zonas só para nomofóbicos, com wifi, carregadores de telemóvel e onde a sobremesa era sempre créditos para o Candy Crush. As mesas seriam individuais porque este tipo de pessoas não consegue jantar fora sem fazer check-in no restaurante, actualizar o status a dizer que está a jantar com os seus amigos Rúben Júlio e Sheila Yolanda e tirar uma foto à comida para o Instagram , mesmo que seja a merda dos bifinhos com cogumelos do costume.

Há casos extremos. Há pessoas que revelam claramente falta de sexo porque esfregam o ecrã táctil como se de preliminares se tratasse. Calma, pessoal. Experimentem fazer isso uns nos outros que vão ver que tem muito mais piada. Mas é mesmo uns nos outros, não é a ver as fotos de gente gira no Facebook e a molhar o dedo antes de virar a página no iPad.

Há quem diga que isto são doenças modernas. Eu não acho. De certeza que há milhares de anos, o pessoal das cavernas quando ia fazer excursões do INATEL dizia a meio da viagem: “Eish! Esqueci-me de trazer uma fogueira para fazer sinais de fumo. Precisava mesmo de dizer ao Joca que estou com comichão no saco…É uma informação que gostava mesmo de partilhar com ele.”.

Ou então são mesmo doenças modernas. E parvas.
E se estão com falta de atenção e é por isso que se agarram tanto aos telemóveis, larguem isso e vão conviver a sério com a família e amigos. Bebam copos, conversem, engatem, joguem, o que quiserem. Mas dêem descanso aos dedos, pelo menos no que ao ecrã táctil diz respeito.

E em vez de terem nomofobia, tentem passar a ter estupidofobia.

Medo de ficar estúpido, ou medo da estupidez alheia. Tanto faz.


quarta-feira, 2 de outubro de 2013

O meu gato vs Fernando Mendes


O meu gato está tão gordo que já recebeu uma carta da RTP a convidá-lo para apresentar o Preço Certo.


Bem-vindos, Idiotas!

Com tanto pessoal novo que se juntou aqui à página, urge a necessidade de, mais uma vez, fazer uma pequena apresentação.

Diogo Faro, sou eu (oláaaa Diogoooo - vocês em coro). Escrevo parvoíces, faço reportagens de rua e faço stand-up comedy.
Comecei este blog/página há cerca de 3 anos e todos os conteúdos são originalmente meus - piadas, comentários, crónicas, vídeos (quando não forem, abrirei aspas e escreverei o nome do autor). Às vezes mais humorísticos, outras vezes menos. Mas são sempre opiniões minhas e valem o que valem.

Sou ateu e sou anti-tourada: é normal que de vez em quando escreva uma orações sarcásticas sobre a religião ou que espete uns ferros no assunto tauromáquico. 

Sou do Sporting e sou completamente tolerante a gostos sexuais, tons de pele e nacionalidades. Nada disto invalida que possa fazer piadas com o Sporting, Benfica, Porto (etc.); ou com gays, lésbicas, heteros, pretos, brancos, chineses, portugueses e por aí fora.

Escrevo o que me dá gozo e não há um único de vocês que goste de absolutamente tudo o que escrevo, nem sequer a minha mãe. É impossível, é normal. Se gostarem da maioria, já é bom.

A melhor parte é que ninguém é obrigado a seguir-me. As críticas construtivas são bem-vindas. As destrutivas são parvas mas também podem mandar vir. Tentem é ser originais porque o "perfeitamente/totalmente/completamente/brutalmente/estupidamente/etc/etc Idiota" já está mais que gasto.

Por vossa causa, este projecto não pára de crescer e muito vos agradeço por isso, porque também me dá cada vez mais gozo.

Queridos Idiotas, muito obrigado por estarem por cá e espero que se divirtam.

Beijinhos e abraços a todos.

Tenham uma óptima semana!


terça-feira, 1 de outubro de 2013

Dia Mundial da Música

Hoje é Dia Mundial da Música. Celebremos esta arte!


A Mafalda Veiga, a Ana Malhoa e pessoal do género é que têm de celebrar outra coisa qualquer, se quiserem festa hoje.

Professor Bambo na prisão

O Professor Bambo foi preso, acusado de extorsão.


É chato porque só vai ter uma hora de visitas por dia para receber o pessoal de Oeiras que continuar a acreditar nele.

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Quem Quer Ser Milionário ou… Quem Quer Inventar Provérbios À Pressão.

Dezembro frio, calor no estilo. É um provérbio que está muito na moda e que faz parte da tendência da colecção Outono/Inverno deste ano que é inventar provérbios à toa.

A concorrente foi eliminada porque em vez de “estio” (sinónimo de Verão, imagine-se!), escreveram “estilo” e ela escolheu outra hipótese. Podia ser um erro tipográfico, podia ser um lapso de quem elaborou a pergunta…mas não. Segundo a Moura Guedes, que apresenta tão mal aquilo que mais valia ser apresentado pelo boneco do Multibanco, é assim mesmo o provérbio. Diz a Nelinha: “Calor no estilo é para escolher a indumentária para o frio da altura…com calor…CALOR! Percebe?”.

Eu, por acaso, não percebo. Mas tentando interpretar, diria que é vestir-se que nem uma badalhoca só que protegida contra a chuva.

Bela explicação, Neluxa! Como se isto não fosse tudo já parvo o suficiente, a apresentadora veio a público dizer que nada disto foi uma gaffe e que o provérbio existe mesmo. ‘Tá bem.

Então vou deixar aqui uma lista de outros provérbios que também existem relacionados com a moda e o estilo:

- Grão a grão, enche a galinha o fato;
- Mais vale um pássaro na mão, do que ele nos cagar na camisa;
- Março, Marçagão, já não uso mais roupão;
- Não deixes para amanhã, os Crocs que podes usar hoje;
- Não há pior cego do que aquele que não sabe combinar cores e padrões;
- Filho de peixe, tem uma boca parecida com a da Manuela;
- Quem feio ama, é o José Eduardo Moniz.


Desculpem, descontrolei-me e estes últimos fugiram ao tema, mas tinham que ser feitos.


Eleita a Miss Prostituta 2013 (caso verídico)

Muitos parabéns à Miss Prostituta 2013 de Belo Horizonte!

Mas tenho várias perguntas sobre isto:

- Se o critério for a beleza, para esta ter ganho as outras concorrentes eram uma mistura da Manuela Moura Guedes com uma chouriça de sangue?

- A Miss Simpatia é eleita por ser a que melhor ouve os problemas maritais dos seus clientes? Ou é aquela que dá umas borlas de vez em quando?

- Aquilo nos dentes não arranha e prejudica o desempenho?

- Se tiverem muitas DSTs são desclassificadas?

- Se elegermos aqui a Miss Casa dos Segredos, podemos considerar que é equivalente para poder concorrer à Miss Prostituta Mundo com esta de Belo Horizonte? Seria mais um orgulho para Portugal.


Ficam as minhas dúvidas.


Isaltino Morais, o Padrinho

Como muitos têm feito, podia atirar areia para os olhos de toda a gente e dizer que foi o Paulo Vistas que ganhou e não o Isaltino, mas para quê? Para insultar ainda mais os portugueses basta a realidade.

Paulo Vistas, o aprendiz de corrupto, serve apenas de “capo”, qual soldado da Máfia que cumpre as ordens do Padrinho que está preso.

Mas o que é que passa com as pessoas de Oeiras que votaram no Isaltino? Vocês dão todos no LSD e acham que o Isaltino é um pequeno pónei e é fofinho votar nele? Ou são todos autistas e vivem num mundo muito próprio onde a corrupção é uma dádiva?

Os argumentos mais ouvidos são: “Ele é corrupto, mas ao menos faz alguma coisa por Oeiras”, ou “Todos os políticos roubam! Ele rouba mas desenvolve o concelho!”. Brilhante, senhores! Brilhante!
Ora, isto é o mesmo que dizer: “O Carlos Cruz até pode ser pedófilo, mas é muito melhor apresentador do Quem Quer Ser Milionário do que a Moura Guedes e por isso tem de ser libertado!”.

Como é que possível ainda tentarem justificar o injustificável? Como é que se premeia publicamente o crime? O homem está preso e com crimes provados! Está tudo parvo? Isto é alguma espécie de sado-masoquismo e vocês gostam de ser enxovalhados à bruta? As 50 Sombras de Isaltino? Vocês pagam-lhe, através do que ele rouba, e ele sodomiza-vos enquanto vocês estão amarrados com cordas que vocês próprios ataram.

Agora, a cereja no topo do bolo.
Dezenas e dezenas de pessoas foram festejar a vitória para a prisão da Carregueira. Não sei se ria, não sei se vomite de tanta vergonha. 

Esta gente premeia, promove e celebra o crime. Quão criminoso pode ser isto também?


Às vezes tenho mesmo muita vergonha de Portugal.


Filhos que orgulham os pais

No bocado que vi da Casa dos Segredos, percebi que há um traveca, uma stripper de Leste, um pastor com trissomia 21 e um irmão do Cláudio Ramos.

Se não são filhos destes que deixam os pais orgulhosos, então não sei o que será.

Entretanto, já desisti.

Já matei neurónios suficientes.

domingo, 29 de setembro de 2013

Autárquicas vs Casa dos Segredos #2

Ok, já vi um bocadinho da Casa dos Segredos.

Um dia tento fazer uma crónica sobre isto.
Agora não consigo. Estou a morrer de vergonha alheia.

O Isaltino ganhou e este programa e esta gente existem mesmo.
É muita vergonha alheia para um dia só.


Mais um dia triste para Portugal.

Autárquicas vs Casa dos Segredos

Ainda não vi nada da Casa dos Segredos e tenciono continuar assim.


Mas o Isaltino já foi expulso?

Resultado das autárquicas

E o Isaltino ganhou.

Rimo-nos com o Manuel Almeida a querer formar ninjas e a não especular. Rimo-nos com o bigode de Negrelos, com o a primeira vez da miúda de peito farto a votar em Lamego, rimo-nos com desastres de photoshop e com mais um monte de coisas.


O Isaltino ri-se só da cara de toda a gente neste país-anedota.

Os meus amigos não me conhecem?

Por causa do meu post a dizer que ia entrar na Casa dos Segredos, vários amigos meus me vieram perguntar se era mesmo a sério, meio excitados meio assustados.


Não sei se eles me acham parecido com a Fanny ou se acham só que sou atrasado mental, mas está na altura de mudar de amigos.

O dia de votos

Agora a sério.

Espero que hoje todos os portugueses votem.
É imprescindível termos uma papel activo na nossa sociedade. Por isso, votem em consciência para depois poderem queixar-se, ou não, dos resultados com direito a isso.


Assim sendo, hoje é um dia muito importante para Portugal e, por isso, escolham bem quem vai ser o primeiro a sair da Casa dos Segredos.

O estágio para a Casa dos Segredos

Olá pessoal!

Nas próximas semanas não vou poder escrever parvoíces aqui, vou andar um bocado ausente porque vou entrar na Casa dos Segredos que começa hoje.

Tive que treinar muito para ser aceite.
Agora digo "hádem ver", "fostes tu?", "gostas-te?" ou já "comes-te?".
Aprendi que a capital de França é o Luxemburgo e que o presidente dos EUA é o Justin Timberlake.

Decidi que não nasci para fritar farturas nem fazer fazer unhas de gel. Quero ser famoso durante umas semanas a mostrar ao país como sou um ser incrivelmente medíocre e depois vou fazer a vida a fazer presenças em discotecas onde só pode entrar quem tiver um QI de um pinheiro e mais de cinco DSTs (e herpes não conta, tem de ser de sífilis para cima).

Sou menino para também fazer umas músicas quando sair da casa, meio reggaeton meio pimba, para ajudar a ser famoso durante mais umas semanas e arrastar um bocadinho mais pela lama a minha já pouca dignidade.

Espero varrer umas quantas badalhocas lá dentro da casa e prometo que não me tapo com os lençóis para vocês poderem ver tudo. Tenho a certeza que vão gostar da minha performance.

O meu iPod já acabou de carregar as músicas todas do Caribe Mix Super Reggaeton 2013 e do David Carreira. Vou para a Casa.


Jokax fofax, xeus winduhs!

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Santa ingenuidade

A propósito do meu último post sobre a anotomia da (e não "de") Grey, pergunta-me uma amiga:

"Oh Diogo, mas vão apresentar a nova temporada da Antomia de Grey hoje no Colombo ou estavas a gozar? É que fui ao Google e não encontro nada!"

Pronto. Então experimenta escrever no Google "Sasha Grey xxx".
Certifica-te é que não tens crianças ou os teus pais ao lado.


Como é bonita a sincera ingenuidade!

ATENÇÃO, miúdas!!

Miúdas: 

Quando o vosso namorado vos disser que hoje vai estar no Colombo a ver a anatomia da Grey, pesquisem bem antes de pensarem "tão fofinho, vai ver a apresentação da nova temporada".


Pesquisem bem. Não é de séries que ele está a falar.

As semelhanças (??) que o Facebook encontra

Não consigo perceber estas comparações no "semelhante a Sensivelmente Idiota".

Não sei bem se:

- Tenho mamas grandes e estou sempre a tentar mostrá-las.
- Tenho um QI abaixo de zero e quando a minha efémera fama acabar volto a vender farturas ou sardinhas (ainda não decidi).
- Apresento o 5 para a meia noite sem fazer ideia de como lá fui parar e como é que ainda lá estou.

Mas estou desconfiado que nenhuma delas é propriamente positiva.
Obrigado, Facebook.





quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Publicidade enganosa?

Estou a tentar perceber o novo anúncio da Intimissimi que é só uma miúda óptima do ponto de vista estético (é podre de boa, vá) a rebolar sensualmente na cama.

Mas as mulheres quando estão na cama sozinhas põe-se a rebolar sensualmente assim do nada?
Não soltam um peidinho? Não coçam o sovaco? Não dizem coisas feias porque o despertador acabou de tocar?


Hmm... duvido. Algo me diz que isto é publicidade enganosa.

Como uma caneta nos tira a credibilidade

Estive num café a tentar escrever textos novos para os meus espectáculos de stand-up comedy.


Acho que ter estado a escrever com uma caneta da Popota me tira qualquer credibilidade que me restava enquanto comediante.

Vale a pena ajudar

Um grande projecto da autora do blog Cancro com Humorque merece toda a nossa ajuda. Aliás, se a Marine Antunes ajuda tanto os outros, porque é que nós não havíamos de a ajudar?


Abram aqui o link e percebam como vale bem a pena!

Notícias do dia: (só as três que eu acho mais importantes)

1 - A CMTV vai começar a transmitir o aquecimento dos jogadores do Benfica e os primeiros 5 minutos dos seus jogos.

Acho que faria mais sentido ser a SIC Mulher a fazer isto, visto que só as mulheres e o Nuno Eiró é que gostam de ver os jogadores a alongar os seus músculos das pernas mas depois desligam logo no ínicio do jogo porque já não lhes interessa.

2 - Um casal norte-americano ofereceu o banquete de casamento da filha, que cancelou a cerimónia pouco antes de subir ao altar, a 200 sem-abrigo.

Tanto desperdício é um escândalo. É que os sem-abrigo, para além de não saberem descascar camarão, não usam gravata e, por isso, não a podem pôr na cabeça enquanto dançam o "follow the leader".

3 - Americano simula sexo com sofá que estava abandonado na rua e é preso por comportamento obsceno.

Ou isto foi uma crise de ciúmes do polícia por ver o seu ex-namorado a fazer sexo na rua com um ser humano, ou eu tenho mesmo que deixar de usar os postes de iluminação pública como varão para fazer striptease.

Agora o tempo:


Se, em vez de se confirmar as chuvas e ventos fortes para hoje, o sol e o calor vierem outra vez, eu juro que nunca mais gozo com as fotos dos pés na areia. Bom, reduzo a quantidade de vezes que gozo, pelo menos! Juro!


quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Sr. Batata da realidade

Os cirurgiões "cultivaram" um nariz na testa deste rapaz. Nunca a expressão "nariz de batata" fez tanto sentido.
Fico genuinamente feliz por ele que, depois de um acidente grave, vai voltar a ter nariz.

Mas não é a única vitória deste chinês! Ora reparem:

1 - É o único humano que faz os mesmos truques que o Sr. Batata do Toy Story.

2 - Ao contrário do alpinista João Garcia, não teve que tirar um bocado do rabo para refazer as narinas. Sempre é mais higiénico.

3 - Com o nariz assim, pode fazer snorkling e ver os peixinhos no fundo do mar sem ter que usar o tubo de respiração.

4 - Ainda no mar, pode esguichar água como as baleias.

5 - Pode patentear a ideia e vender narizes em todas as lojas de chineses do mundo.

6 - Dar na coca também se torna mais fácil. É só pôr um funil na narina.

Tanta vantagem.
Nem sei se não era melhor ficar com o nariz assim.


A badalhoquice de Miley Cyrus


terça-feira, 24 de setembro de 2013

Manuel Moura Guedes VS Xanax

Gosto muito da ideia da produção do novo Quem Quer Ser Milionário: antes de cada programa, dão dois Xanax à Manuela Moura Guedes. Está muito mais calma.


Está tão calma que, juntando àquele cabelo, parece mesmo um espantalho a apresentar um programa.

E a melhor descoberta nos Açores é...

Está tudo excitadíssimo com a descoberta de uma pirâmide de 60 metros submersa ao largo dos Açores.

Ok, é giro.

Mas a melhor descoberta de sempre que já se fez nos Açores foi aquele gajo que cantava "tuéjuma galinha, a mamã nã qué dá".


Sandro G, Açores represent! YOLO!

Como não ser um perfeito idiota no metro


Agora que já se pode levar bicicletas no Metro de Lisboa a qualquer hora do dia, por favor, sigam ainda mais o conselho que vos deixei há uns meses.


segunda-feira, 23 de setembro de 2013

WINDECK - o poder da ambição!

E a ambição de fazer a pior novela de todos os tempos.

Qual sobremesa gourmet que nos deixa a abarrotar de prazer no paladar após o prato principal, o Windeck explode-nos na cara logo depois do Jornal da Tarde na RTP.
É que nem sequer há tempo para um único anúncio sobre os produtos que têm desconto em cartão esta semana no Continente. É isto que se passa: “O Jornal da Tarde regressa amanhã. Boa tarde!”…” WINDECK, wobaba, WINDECK, wobaba!”. Logo assim. Sem hesitar um segundo.

Sinto que Angola nos invade a casa em jeito de vingança da guerra colonial mas em forma de novela. Como se não bastasse termos tido que levar com o Hélder, o Rei do Kuduro.

Confesso que já vi vários episódios e ainda não percebi absolutamente nada da história. Isto porque ou aparece no plano uma camisa de cores mais berrante que os fatos do Goucha e que ofusca qualquer um, ou porque aparece uma senhora de seios tão grandes que me faz desligar todos os sentidos menos a visão. 

Curiosamente, o colorido das roupas e o tamanho do mamaçal (conjunto de muitos seios em comunhão num mesmo projecto) é inversamente proporcional ao talento para representar.
Ninguém usa roupa normal, qualquer personagem usa tanta cor ao mesmo tempo que fazem o Batatinha parecer monocromático. E se, em vez de "actores", estivessem beterrabas a ter uma discussão com uma alface acerca do pano de cozinha que traiu a colher de pau com um pacote de natas fora do prazo - sim, era ridículo - conseguia ser mais credível.

Windeck é tão mau, mas tão mau, que dá a volta e se torna bom. Ou cómico, pelo menos.

A cereja no topo do bolo é um actor português que faz de italiano. É uma mistura de Topo Gigio com Marco Bellini mas a vender pizzas de marca branca e com problemas ao nível da fala. Óptimo.


Suponho que o Windeck tenha sido uma boa (dependendo do critério) forma da RTP se financiar com o investimento angolano. E se assim foi, estou ansioso para que comecem a estrear novelas chinesas. Aposto que a história vai girar em torno de uma família feliz.


Jesus (o Jorge) e os polícias #2

Jesus foi constituído arguido.

Outra vez a mesma história? 

Não tem piada porque já sabemos que se for condenado, é dar-lhe 3 dias para estar de volta.

domingo, 22 de setembro de 2013

Jesus (o Jorge) e os polícias

Jesus já não dá a outra face.
Jesus dá é mesmo na face.


Dos polícias.

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

iOS 7 e o reconhecimento digital

A excitação em torno do iOS 7 e de ser possível o reconhecimento digital, já levou a que descobrissem que também é possível desbloquear o ecrã com uma pata de gato, se registarmos o animal no perfil do telemóvel.

Uau...


Acho que vou comprar o novo iPhone e configurá-lo para só dar para desbloquear com a pila da minha tartaruga. Só para participar neste histerismo tecnológico também.

Ainda as autárquicas...

Na Junta de Freguesia não-sei-do-quê-mas-agora-também-é-irrelevante, o actual presidente da mesma foi impedido de se candidatar pele 4ª vez pela lei de limitação de mandatos.

"Ah é?? Não deixam? Então vejam lá bem este truque!" - disse José Luís Vaz.

O que é que ele fez? Pôs a sua mulher como nº 1 da lista e a ele próprio como 2º. Se ganharem, a mulher renuncia ao cargo e ele torna-se presidente da junta pela 4ª vez. PUMBA! VAI BUSCAR!

Nada como ser o epíteto do chico-espertismo à portuguesa. Afinal, as leis existem para ser contornadas. E mais, ele só está a fazer um favor ao País, porque desta forma, para a próxima, já vão ter mais cuidado em não deixar buracos na legislação por onde os chicos-espertos possam passar. Tudo em prol do país.

Vá, agora levantem-se e aplaudam este senhor de pé.

Assim andamos para a frente.

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Inglich fore uót?

Está tudo revoltado com o facto de deixar de ser obrigatório o ensino de Inglês no 1º ciclo.

Ai donte si uatiz de problem! Hu nids inglich? Noubódi!
Wi can si Ronaldo and Mourinho. Dei spik laique diss and dei ar saxexful! Sou, everibódi can du it!

Uai mêique auer quids stâdi móre? Aftar ól, wi donte nid educachion bicóse wi ar goîngue tu anemplóimente, aniuei.

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Duetos improváveis

O David Carreira gravou uma música com o Snoop Dogg.

Há quem diga que é bom para a música portuguesa (música...? 'tá bem...). Há quem diga que a droga bateu demais ao Snoop e que perdeu completamente noção da realidade.

Traficante e chulo, ainda passa. Isto já é bater no fundo, Snoop.
Sempre tinha mais piada ele juntar-se com o pai Tony a cantar para as suas fãs loucas.

E hoje a cantar...
Yo! Ma bitcheeees!
Naquele lugar...
Yeah, yeah, yeah! Suck it!
Criança que fui...
So what we smoke weed?
E homem que sou...
Blow me, bitcheeeees!


É o que temos. É esperar agora que a Beyoncé venha cantar com a Ana Malhoa e que a Orquestra Sinfónica de Berlim toque com o Quim Barreiros.

As autárquicas e os cartazes #4



Principais promessas eleitorais deste candidato:

- Abrir mais casas de strip masculino em S. João da Madeira para satisfazer as eleitoras mais safadas!
- Combater o desemprego e levar isso tão a sério que até já recruta dançarinos pessoalmente para as tais casas que vai abrir!
- Combater a exclusão social dos lesionados e dar-lhes empregos também (ver 1ª imagem)!


Por uma nova cidade, mais despida mas com menos desemprego!

As autárquicas e os cartazes #3

A campanha das autárquicas é um sítio estranho.

Para analisarmos isto, vamos chamar "candidato" ao senhor de fato e "Joca" ao senhor de tronco nu, com ar de quem saiu do Senhor dos Anéis.

Algumas hipóteses do que pode ter acontecido aqui:

- O candidato é Testemunha de Jeová e estava a dizer que a masturbação é pecado. O pior é que o Joca teve precisamente que pôr o YouPorn no "pause" para ir abrir a porta.

- A fotografia foi tirada quando o candidato estava a sair de casa do Joca, depois de uma sessão louca de amor autárquico. "Oh sim, veja bem o meu programa eleitoral...é grande, não é?" - "Uau...é enorme...e com essas propostas vai ter uma boa taxa de penetração, de certeza...hmm...". E por aí fora.

- O Joca é a versão portuguesa do Hannibal e estava a convidar o candidato a ficar para jantar, sendo que este já está com um sorriso amarelo devido ao nervoso miudinho. 

- O Joca não é uma pessoa, é um gato que acabou de tomar banho à força, obrigado pelo candidato. E sim, é um gato míope.

- O Joca está com aquele ar desiludido porque pensava que lhe iam entregar uma pizza e afinal entregaram-lhe um político. É chato porque os políticos deixam-no com azia.

- O Joca, como vê mal, acha que o candidato é um escuteiro menor e, por isso, vai buscar uns doces lá dentro para o convencer a entrar...

É isto. Escolham vocês a hipótese mais provável!




Fonte da fotografia: Tesourinhos das Autárquicas.

Amor de mãe

Ontem estive com uma virose qualquer e passei o dia inteiro a vomitar.


A melhor parte foi a minha mãe entrar na casa de banho, a aplaudir com orgulho, e dizer que a minha imitação do exorcista está cada vez melhor.

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Vantagens de ser freelancer

Há uns meses despedi-me do meu trabalho e tornei-me freelancer.
Principais vantagens:

- Não tenho patrão;
- Não tenho horários;
- Só dependo de mim profissionalmente;

Maior vantagem de todas:

- Ir almoçar a casa e assim que acaba o Jornal da Tarde...(a cantar) - WINDECK, tarara, WINDECK, tarara!

É logo pa' quebrar esse mambo.
É a pior novela de todos os tempos, é tão má, tão má que dá a volta e se torna hilariante.

Mas enfim, a RTP precisava de se financiar e em Angola há muito dinheiro.

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Miss America-indiana

A "Miss America" deste ano é de origem indiana.
Descalabro nas redes sociais entre os norte-americanos.

Depois da vitória da miúda no concurso, foi um chorrilho de comentários como estes:

- Ela é árabe e isto é a América! Vergonha.
- Isto é a América, não é a Índia!
- Que vergonha ela ter ganho, ainda por cima poucos dias depois do 11/9!
- Miss America ou Miss Al Qaeda?
- Miss America ou Miss quéfrô?
(tradução livre)

A revolta de tantos norte-americanos é compreensível. Primeiro, porque os EUA nem sequer são um país que nasceu de matar milhões de habitantes que já lá estavam quando os descobridores chegaram, nem sequer são um país multi-étnico e multi-cultural. Não, não são nada disso.
E depois, porque é sabido que os indianos nasceram para vender rosas e fritar chamuças. Não foi para serem bonitos, de certeza.

E podíamos acusar os autores destes comentários de serem burros por não distinguirem árabes de indianos, mas eles até têm razão. Afinal, não é tudo a mesma merda? É castanho e basta. Para muitos americanos (não todos, felizmente) só há duas hipóteses: ou és um norte-americano caucasiano ou és um pedaço de vómito de cavalo com gastroenterite.

Além dos comentários, a foto mais partilhada sobre o assunto foi de uma das concorrentes que "adora o seu país, adora caçar e adora tatuagens". Com isto das tatuagens, já se está a esticar um bocado. Mas como gosta de armas, está desculpada!

Enfim.
Obrigado racismo! A fazer o mundo avançar desde...sempre.





(Foto: Mel Evans)

domingo, 15 de setembro de 2013

RTP ajudar (?) os bombeiros

Acho muito bem que se façam todo o tipo de iniciativas para ajudar os bombeiros, tal como o espectáculo que a RTP está a transmitir.


Agora, se o objectivo é ajudar não percebo como é que deixaram o Nuno Guerreiro cantar. Os bombeiros já têm sofrido o suficiente.

Swag na 3ª idade


A velha do swag! Aposto que ela no lar está sempre a gritar para os outros velhos: YOLO BITCHEEES!


sexta-feira, 13 de setembro de 2013

VFNO #2

Vogue Fashion's Night Out.
Vi-me obrigado a ir lá ver as parvoíces que desfilavam (na volta, o mais parvo era eu).

Cá está a reportagem Idiota, e até um bocado aleatória, da noite de ontem!

P.S: Infelizmente, devido a problemas com o micro, perdi 2 ou 3 entrevistas óptimas que gostava de incluir aqui mas não foi possível. Espero que se divirtam à mesma, tal como eu me diverti a fazer isto.


quinta-feira, 12 de setembro de 2013

VFNO #1

Hoje é a Vogue Fashion's Night Out! OMG! OMG! OMG!

Tanto brinde para recolher, tanto copo para beber à pala, tanta fila onde esperar horas para receber um porta-chaves que a seguir vou deitar para o lixo.

Já estou todo excitadão! Sou menino para escolher o meu melhor vestido e pôr-me já a correr pela Av. da Liberdade abaixo.

Melhor. Vou pegar no microfone e fazer uma reportagem sobre o evento, tal como fiz no picnic do Tony Carreira.

Se me virem, fujam.

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Campo Pequeno, a arena do ridículo

Passei há pouco no Campo Pequeno onde logo à noite vai ser o concerto da Selena Gomez (ex-namorada do Justin Bieber). Está tudo aos berros, tudo histérico! Nunca houve nada tão ridículo ali.

Ah, espera. Claro que houve.

Esqueci-me que também há touradas no mesmo sítio.

Notícias do dia

- Professora primária faz vídeo pornográfico na sala de aula. As mães, completamente revoltadas, já se reuniram com a direcção da escola para resolver o problema que denominaram de "escandaloso". Os pais ficaram em casa a aproveitar para ver o vídeo no "repeat": "Ah...sim...és escandalosa...ordinarona...".

- Cegonha acusada de espionagem foi encontrada morta (juro que isto é mesmo uma notícia). O Inspector Castor já veio dizer que se trata de homícidio e o principal suspeito é um gang de Andorinhas russas, aliado de uma milícia de Toupeiras sírias, mas ainda não se sabe se foi um ataque de gases.

- Um jovem fez 19 cirurgias plásticas para ficar igual ao Super-Homem. O mais chato é que, para além de continuar sem conseguir voar, acabou igual à Alexandra Lencastre só que menos inchado e com menos apetite sexual ao ver bailarinos à sua frente.

Agora o tempo:


Já teve melhores dias! Falta pouco para começarem os posts do pessoal a queixar-se da chuva, que tem saudades do Verão, blablabla...

As autárquicas e os cartazes #2



A mudança é agora, ca"$%"#!!! Ou votem em mim ou estar tudo fo"#$%! Corro esta merda tudo à padrada, se não votem em mim! Ouvirem, meus gandes ca#$"!%?

Agora vou só mandar maijum ácido abaixe e umas linhas de coca misturada com cócó de cabra em pó.

Boa noite.

(Tesourinhos das Autárquicas 2013 fazem com que queira que haja autárquicas todos os meses)





terça-feira, 10 de setembro de 2013

Testículos pequenos = melhores pais

Um estudo publicado há dias diz que os homens com testículos mais pequenos têm tendência a ser melhores pais.

Espectacular! Mas agora a sério:

1 - Quem é que se lembra de estudar isto? Cientista no sofá - "Hmm...acho que ser bom pai deve estar relacionado com a quantidade de pêlos no sovaco! Não, isto é estúpido... JÁ SEI! Aposto que tem que ver com o tamanho dos túbaros! Que bela ideia!".

2 - Isto não foi tudo uma desculpa para apalpar cojones em "prol da ciência"? É possível. Mas para a próxima convidem o Renato Seabra. Parece que ele é que percebe mesmo disso.

2 - Em que é que isto vai mudar a humanidade? Em nada. A não ser em dar mais uma boa desculpa para as mulheres acabarem namoros: "Desculpa, não és tu, nem eu...são os teus co"#$%. Com uns desse tamanho, é certinho que vais ser uma merda de pai. Ficamos por aqui."

4 - Sugestões para próximos estudos: é mais difícil escrever no teclado se não tivermos nenhuma das mãos e usarmos a testa? O tamanho das orelhas está relacionado com o talento para fazer farturas? O tamanho das mamas está relacionado com conseguir ser actriz?


É isto. Ficam as ideias.

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

SWAG – a doença adolescente que mata mais neurónios que absorver cocaína pelos olhos

Todas as gerações de adolescente têm coisas idiotas. Mas esta geração bateu no fundo. E continuou a cair.

Vamos por partes.
“Swag” significa originalmente “secretly we are gay”, mas parece que, agora, swag é um determinado estilo tipo…bué fixe, tipo…cenas, segundo eles. Eu diria que é uma má formação congénita no cérebro ao nível da estupidez aguda. Mas isso sou eu, que na minha adolescência queria era ter uma chuteiras decentes para jogar à bola.

Analisei toda a reportagem do CM sobre isto e deixo-vos os mais suculentos nacos de imbecilidade jovem com molho de falta de esperança nos putos de hoje:
"Eu acho que tenho swag, porque tenho um cap, tenho uns ténis assim – aponta para os pés – e também sei falar de forma quase africana, tipo crioulo que agora está na moda.”. Se um caroxo me pedir uma moedinha numa língua quase africana é porque também tem swag? É que os drogados também costumam estar de chapéu e ténis, só que não dizem coisas tão idiotas.

Mas há mais:
"Também utilizamos bué o inglês, como o OMG (Oh my God!) e dizemos kkkkk para mostrar que nos estamos a rir.”. Será que misturam o inglês com o crioulo para serem tipo mega híper fixes? Por exemplo: “OMG! Bo tá pa bodje com aquela bitch?? Djisus! Kkkk”. Aposto que sim. Mas também aposto que o Chewbacca utiliza formas de comunicação mais inteligentes.
Como é que “kkkkkk” pode ser riso? Quem é que se ri só com o céu-da-boca? E se eu me rir só um bocadinho, como “kkk”, não sou um bocado racista? Fica a questão.

E esta:
“Ter ‘swag’ é também usar tshirts com paisagens de sítios paradisíacos como as nossas (imagens da Florida e de Bali)". Mas outro rapaz diz: ‘Os meus pais nem sempre me compram roupa dessa’ - encolhe os ombros.” Coitado. Vá, alguém que lhe ofereça uma t-shirt com uma fotografia de Quarteira ou de Fonte da Telha. Já deve dar um mini-swag.

A sério putos, parem com isso. Mais vale meterem-se já no cavalo que dão menos tristezas aos vossos pais e à sociedade no geral.
Este putos não andam na escola. Andam sim, numa academia, tipo escolinhas de futebol, mas da Casa dos Segredos. Serve só para formar futuros concorrentes, onde vão absorvendo todo o conhecimento que conseguirem ao longo dos anos (é o mesmo que uma pessoa normal adquire em 5 segundos) e depois, só pode entrar na Casa dos Segredos quem tiver alto SWAG – Syphilis, Watermelons, Anti-intelligence, Gonorrhea.

Para acabar:
"Além disso, os mais sociais da nossa escola querem todos ir para o Reino Unido, pois o Reino Unido tem swag". Tem? Uau! Era óptimo que fossem todos para lá, então. Mas duvido que aconteça porque ainda agora o Reino Unido fez uma campanha para expulsar os ciganos do leste europeu. Duvido que aceitem uma coisa realmente má como "putos portugueses com swag".

E para as minhas bitches que seguem o que escrevo, nunca se esqueçam: YOLO! (you only live once). Tipo, bué rebelde…


Agora, juntemo-nos todos e vamos recolher livros, bons filmes e transplantes de cérebros para oferecer a estes miúdos.


sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Jogo Irlanda do Norte - Portugal


Este árbitro do Irlanda do Norte - Portugal é claramente católico. Em cada lance que um jogador português se arma em protestante, vê logo cartão amarelo.

O que é que as mulheres feias e os pickles dos hambúrgueres do McDonald's têm em comum?


quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Sexo, drogas e bifanas

Foi assim a minha festa de anos. A parte das bifanas é para vocês não pensarem que foi tudo glamour. Mas foi quase tudo.

Casei os anos na semana passada. E aproveito para dizer que “casar os anos” é dos conceitos mais ridículos que a humanidade já conheceu, por isso, não o vou voltar a mencionar.

Convidei o pessoal todo para uma bruta casa, com piscina, jacuzzi, cinema, campo de futebol, bar de striptease e um confessionário (sei perfeitamente que podemos fazer tudo o que quisermos durante a vida, desde que de vez em quando nos vamos confessar). E não, não era a casa onde se fazem os reality shows. Esta não colecciona DSTs nem permite a entrada a pessoas com um QI inferior ao de um Lemming.

Para além dos bares onde eram servidos os melhores cocktails, instalei umas fontes no jardim com meninos (de pedra, calma!) a urinar vinho e cerveja. Tudo do melhor.

Havia mordomos a passear com bandejas com os mais variados acepipes. Tive o cuidado de pensar em toda a gente. Por exemplo, havia bandejas com pequenas peças de fruta gourmet para os meus amigos do F.C.Porto, com couratos para os do Benfica e com piadas sobre o Bruma para os do Sporting.
Havia imensa comida óptima: marisco, queijos, sushi, tudo. Até havia croquetes para aqueles meus amigos pobres que não sabem comer camarão.

Para além da comida, os mordomos circulavam com bandejas de coca. Já tudo separadinho em linhas e com notas de 500€ ao lado, para que os convidados não tivessem trabalho nenhum. Era só apertar a narina. Também havia poppers para os meus amigos panisgas (parece que aquilo relaxa determinada zona do corpo e eles curtem a cena) e havia roofies (para o caso de alguma miúda se fazer de difícil, mas felizmente não foi preciso).

À hora do jogo, vimos o Sporting – Benfica num ecrã gigante, tinha uns 5 x 2 metros. Era quase do tamanho da testa da Bárbara Norton de Matos.
Não vi bem o jogo porque já estava um pouco bêbado mas pareceu-me que ficaram, pelo menos, 23 penalties por assinalar a favor do Sporting e pareceu-me também que o Maxi Pereira tem um bocado de cara à volta do sinal.

Houve muitos DJs que se ofereceram para ir à festa passar som (alguns até me queriam pagar) como os FunkYou2, o Ride, o Pete Tha Zouk, o Guetta, o Calvin Harris, mas não aceitei nada disso. Foram lá antes os Arctic Monkeys tocar ao vivo e só tive de lhes dar pastéis de nata e umas miúdas portuguesas porque eles estão fartos das inglesas com cor de albino assustado.

Com tanto álcool e droga, podem imaginar que a festa descambou numa orgia. Normal.
Havia pessoal a comer-se em todo o lado e íamos trocando, tudo numa harmonia muito bonita. Só tenho pena que um amigo meu tenha acabado por acasalar com a minha gata. É que se tivesse sido com preservativo era na boa, mas assim chateei-me um bocado com ele porque já vi que a gata emprenhou e sei perfeitamente que ele não tem dinheiro para pagar a pensão de alimentos a mais de 2 crias e vai sobrar para mim.

Tirando isso, foi um festão e foi, de facto, a melhor forma de começar os meus 27 anos. Podem ver pela foto que o meu harém (parte dele) está felicíssimo por estar comigo. É compreensível.



Para o ano há mais. E melhor.
Está tudo convidado.




O cabelo de Coentrão e uma mãe idiota

Numa reportagem sobre a Selecção, aparece um miúda pequena, de 5 ou 6 anos, a tirar uma foto com o Fábio Coentrão enquanto a mãe diz com voz anasalada: Ponha-se lá quieta, Rosinhaaaa! Sua parva!"


Foi a primeira vez em que o Fábio Coentrão esteve numa situação em que o seu cabelo não era a coisa mais ridícula do sítio.

Imagens chocantes nos maços de tabaco

Um estudo concluiu que imagens chocantes nos maços de tabaco não impressionam jovens.

Deixo sugestões de imagens que faziam com que o pessoal nunca mais fumasse na vida:

- Orgia entre o Malato, o Eiró e o Goucha;
- Bárbara Guimarães quando imitou a Lady Gaga;
- Cara do Maxi Pereira;
- Qualquer pessoa da Casa dos Segredos a dizer alguma coisa inteligente;
- Odete Santos a fazer dançar do ventre;
- Rita Pereira vestida.

E por aí fora.

Se tiverem mais ideias, digam. Depois mandamos tudo para os responsáveis.

Cher em Portugal?



Está mesmo no ponto para começar a ser tratada por Carlos e ir trabalhar à noite para o Príncipe Real ou no Conde Redondo.

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

"É só um, querido"

Hoje, ia a despedir-me de uma rapariga e só quando vou a dar o segundo beijinho é que percebo que ela é daquelas que só dá um.


Fiquei tão agarrado que tenho que lá voltar daqui a bocado para ir buscar o meu lado esquerdo da cara.

terça-feira, 3 de setembro de 2013

As autárquicas e os cartazes


Com o ar destes senhores e com uma senhora destas a perfilar, de certeza que isto é uma porno-autarquia.

Sugiro alguns bons slogans para esta campanha:

- "Juntos tapamos-lhe os buracos todos."
- "O caminho também se faz de joelhos."
- "Um por todos e todos nela."
- "Com força e determinação, por um concelho mais aberto!"

E ficava aqui o resto da tarde a fazer slogans.

Políticos por esse país fora: estou disponível, contratem-me.

Somos os reis dos produtos fora de prazo

 A Grécia legalizou a venda de produtos fora do prazo.

Nós cá já fazemos isso há uns tempos. Basta ver que, para a TVI, a Alexandra Lencastre ainda rende.

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

A idiotice das escadas-com-degraus-onde-temos-de-dar-mais-de-um-passo

As pessoas que constroem, ou idealizam, escadas com degraus onde temos de dar mais de um passo em cada um deles deviam ser obrigadas a subi-las e descê-las 100 vezes por dia.

De costas. Ao sol com 50 graus.

E com um obeso com síndrome de Tourette às cavalitas.